domingo, 8 de outubro de 2017

Mais de 2 mil caranguejos são apreendidos em Cabedelo e três pessoas são presas

Suspeitos foram autuados em R$ 20 mil e vão responder por pesca predatória, diz polícia.

 Por G1 PB  07/10/2017 15h48


Mais de 2 mil caranguejos foram apreendidos em Camalaú, Cabedelo (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Mais de 2 mil caranguejos foram apreendidos em Camalaú, Cabedelo
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Mais de 2 mil caranguejos pescados de forma irregular foram apreendidos pela Polícia Militar na noite da sexta-feira (6), na área de Camalaú em Cabedelo. Na ocasião, três pessoas foram presas. A PM informou que os caranguejos foram soltos no mangue e o trio foi autuado em R$ 20 mil e pode responder por pesca predatória.

Segundo o capitão Sidnei Paiva, essa pesca irregular é feita a partir de sacos de estopa. “Eles desfiam os sacos e colocam as tiras na entrada de onde os caranguejos ficam. Quando eles [os caranguejos] saem se enrolam e as pessoas só vão lá e coletam”, disse o capitão.
Animais ficavam presos em armadilhas feitas com sacos de estopa, diz polícia (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Animais ficavam presos em armadilhas feitas com sacos de estopa, diz polícia
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)


Fonte


sábado, 7 de outubro de 2017

PB tem cinco praias impróprias para banho e ondas vão de 0,1 m a 2,6 m

João Pessoa, Cabedelo, Baía da Traição e Pitimbu têm praias impróprias, diz Sudema. 
Por G1 PB
Praia da Penha, João Pessoa (Foto: Gabriel Costa/G1/Arquivo)
Praia da Penha, João Pessoa (Foto: Gabriel Costa/G1/Arquivo)
Marés
Às 11h08 deste sábado (7) a maré deve chegar a 0,1 m, segundo o Banco Nacional de Dados Oceanográficos (BNDO), o que se repete às 23h30. As marés altas vão ser às 5h04 e às 17h24, chegando a 2,6 m e 2,5 m respectivamente. No domingo (8), a maré mais baixa é às 11h51 com 0,2 m. As mais altas do dia são às 5h47 e 18h06, ambas com 2,5 m.

Praias próprias para o banho

Mataraca
  • todas
Baía da Traição
  • Camaratuba
  • Cardosas
  • Giz Branco
  • Baía da Traição
  • Trincheira
Rio Tinto
  • todas
Lucena
  • todas
Cabedelo
  • Miramar
  • Mato
  • Formosa
  • Areia Dourada
  • Camboinha
  • Poço
  • Ponta de Campina
  • Intermares
João Pessoa
  • Bessa I e II
  • Caribessa
  • Tambaú
  • Cabo Branco
  • Seixas
  • Jacarapé
  • Arraial
  • Camurupim
  • Barra de Gramame
Conde
  • Jacumã
  • Carapibus
  • Tabatinga
  • Coqueirinho
  • Tambaba
  • Barra do Graú
Pitimbu
  • Bela
  • Barra do Abiaí
  • Pitimbu
  • Guarita
  • Azul
  • Coqueiros
  • Acaú/Pontinha
Praias impróprias para o banho
Cabedelo
  • Jacaré - à esquerda do estuário do rio Paraíba;
João Pessoa
  • Manaíra - em toda sua extensão - e Penha;
Conde
  • Amor - nas proximidades da desembocadura do Rio Gurugi
Baía da Traição
  • Praia do Forte
Pitimbu
  • Praia do Maceió - às margens da desembocadura do Rio Engenho Velho

Fonte

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Ciclista é atacado por abelhas ao ir para hospital após ser atropelado na BR-230 em João Pessoa

Motorista do carro disse que foi trancada por caçamba e perdeu controle do veículo. Ele ia para o Trauma quando foi atacado por enxame.

Por G1 PB
Apesar do acidente, ciclista conseguiu sair andando para o hospital mas foi atacado por enxame de abelhas (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Apesar do acidente, ciclista conseguiu sair andando para o hospital mas foi atacado
por enxame de abelhas (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um ciclista de 50 anos ficou ferido após ser atropelado por um carro e ser atacado por um enxame de abelhas, ao sair andando para um hospital. O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (5), na BR-230, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro bateu no ciclista depois de ser trancado por um caminhão-caçamba.

O acidente aconteceu no sentido Cabedelo - João Pessoa, no trecho próximo ao viaduto da Avenida Epitácio Pessoa. Segundo a PRF, a condutora do carro disse que seguia na faixa da direita quando foi trancada pelo caminhão. Ao tentar desviar, ela perdeu o controle do carro e atingiu o ciclista.

A filha do homem, que se identificou apenas como Aline, contou que o pai dela teve ferimentos leves e resolveu ir andando até o Hospital de Trauma, mas logo após sair do local do acidente, foi atacado por um enxame de abelhas.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para retirar o enxame do local. Segundo a PRF, o motorista do caminhão fugiu do local do acidente, mas se apresentou no posto do órgão em Bayeux, para prestar depoimentos. Segundo a assessoria do Hospital de Trauma, o homem passava por atendimento médicos de emergência por volta das 11h30.