sábado, 26 de novembro de 2016

PL que autoriza o Biólogo a exercer a responsabilidade técnica de sementes segue tramitando na Câmara

O Deputado Federal Sergio Souza (PMDB-PR), relator na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) do Projeto de Lei nº 3423/2012, que altera os arts. 2º e 44, da Lei nº 10.711, de 5 de agosto de 2003, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Sementes e Mudas, com o intuito de autorizar o Biólogo a exercer a responsabilidade técnica pela produção, beneficiamento, reembalagem e análise de sementes em todas as suas fases, emitiu parecer favorável pela sua constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa.

Agora o projeto de lei aguarda a deliberação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) para aprovação do relator.


segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Ano letivo de escola em João Pessoa foi baseado em atividades para a implementação dos ODS

14/nov/2016
 
330 alunos e 30 professores do IPEI planejaram iniciativas para o alcance dos ODS no âmbito local. Foto: Mariana Paz/IPEI
330 alunos e 30 professores do IPEI planejaram iniciativas
para o alcance dos ODS no âmbito local. Foto: Mariana Paz/IPEI

Em 2016, o compromisso com a construção de uma sociedade mais justa orientou o ano letivo do Instituto Pessoense de Educação Integrada (IPEI). Com base nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, 330 alunos e 30 professores do Instituto desenvolveram atividades para promover soluções, de modo colaborativo, para o alcance da Agenda 2030. Com o tema “Nosso Planeta, Nossa Casa”, desenvolveram-se projetos para fortalecer a tomada de decisão, o que resultou em documento que será entregue à Câmara Municipal de João Pessoa, propondo que a Casa inclua na pauta discussões sobre os ODS.

No documento, estudantes e professores elaboraram uma lista de ações para auxiliar no cumprimento das metas dos ODS, entre elas a instalação de lixeiras de coleta seletiva na cidade, criação de um plano municipal de habitação aos moradores de rua e garantir que o saneamento básico seja obrigatório em todas as áreas da cidade. O documento será levado à Câmara de Vereadores pelos vereadores eleitos Tibério Lima e Sandra Marrocos.

“A Agenda 2030 nos ajuda a ficarmos mais conscientes, a descobrirmos novas iniciativas e também debatermos com as pessoas as mudanças que queremos”, diz a aluna do sétimo ano, Mariana Gomes Bezerra.

No último sábado 12, durante uma mostra pedagógica, foram expostos, no Instituto, os trabalhos e materiais produzidos pelos estudantes, a partir das discussões e problemáticas sugeridas pelo tema “Nosso Planeta, Nossa Casa”, com base nos ODS. “O trabalho desperta nos alunos uma preocupação consigo, com os outros e com o planeta, e é desenvolvido com apoio da família que participa, e o envolvimento faz grande diferença nos resultados”, afirma a psicopedagoga do IPEI, Bianca Meireles.

Por meio do Projeto Brasil ODS 2030, o PNUD participou da Mostra Pedagógica para conhecer o trabalho desenvolvido pelo Instituto. O objetivo foi participar do processo de engajamento e das discussões para a implementação da Agenda 2030.

“Estarmos em 2016, primeiro ano de implementação desta agenda, e vendo um trabalho deste em desenvolvimento pela escola e pelos estudantes demonstra que existe o compromisso com a mudança aliado com a responsabilidade de colocar em prática novas iniciativas, de forma sustentável e inclusiva. Tudo isso nos leva a enxergar o alcance das metas e dos objetivos da Agenda 2030 como uma realidade nos próximos anos”, diz a analista de mobilização do Projeto Brasil ODS 2030, Inalda Béder.



 

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Gestão ambiental e a sustentabilidade (CONGESTAS -2016): Profissionais e ambientalistas debatem em João Pessoa

O Congestas 2016, que chega a sua quarta edição, será realizado em João Pessoa (Paraíba), no Auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba, no período de 11 a 14 de dezembro de 2016, com o apoio da Universidade Federal da Paraíba, da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (SUDEMA), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo da Paraíba (CAU/PB), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA/UFPB), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), da Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP), da Rede de Educação Ambiental da Paraíba (REA/PB), do GETEC e de outros parceiros.

Da Comissão organizadora fazem parte o Analista ambiental Ronilson José da Paz - IBAMA-PB/SEE e o Economista Tarcísio Valério da Costa - UFPB/PRAC/REA-PB/GETEC.

A comissão lembra que os trabalhos completos a serem apresentados na versão 2016 do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Congestas 2016 poderão ser enviados, exclusivamente por meio eletrônico, até o dia 20 de novembro de 2016, dentro dos eixos temáticos do Congestas 2016 são: ET-01 - Gestão Ambiental, ET-02 - Saneamento Ambiental, ET-03 - Meio Ambiente e Recursos Naturais, ET-04 - Recuperação de Áreas Degradadas, ET-05 - Recursos Hídricos, ET-06 - Energia, ET-07 - Direito Ambiental, ET-08 - Poluição Ambiental, ET-09 - Educação Ambiental, ET-10 - Saúde Ambiental, e ET-11 - Outros. Todos os trabalhos aceitos serão publicados nos Anais do Congestas 2016 (ISSN 2318-7603) em meio digital e terá direito a certificado que participar com 75% de frequência.

Para a participação das atividades do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Congrestas 2016, que incluirão palestras, mesas-redondas e apresentação de trabalhos, estão sendo esperados profissionais da Bahia, Brasília, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, entre outros Estados, além de Lisboa e Coimbra, em Portugal, o congressista deverá fazer sua inscrição pelo site http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas2016.